Hoje a maior causa da infertilidade é a endometriose, ela ocorre quando o endométrio, mucosa que reveste a parede interna do útero, cresce em outras regiões do corpo.
Essa formação de tecido ectópico normalmente ocorre na região pélvica, fora do útero, nos ovários, no intestino, no reto, na bexiga e na membrana que reveste a pélvis. Esses crescimentos também podem ocorrer em outras partes do corpo.
A endometriose é um problema comum. Podendo ocorrer em gerações seguintes de uma mesma família. A doença normalmente começa quando a menstruação regular inicia. É descoberta entre os 25 e 35 anos.

Principais causas

  • Sistema imunológico deficiente;
  • Menstruação retrógrada
  • e crescimento de células embrionárias.

Sintomas

  • Cólica menstrual forte;
  • Dor na relação sexual;
  • Dor entre as menstruações;
  • Infertilidade;
  • Dor ao defecar ou ao urinar;
  • Sangramento na urina ou nas fezes.

Tratamentos

  • Analgésicos;
  • Pílula de uso contínuo;
  • Indução da menopausa;
  • DIU;
  • Cirurgia para remoção do tecido endometrial fora do útero;
  • Cirurgia para a remoção dos órgãos acometidos pela doença.

Quem vai escolher o tratamento adequado é o seu médico, algumas vezes a cura só é alcançada com a combinação do tratamento medicamentoso com o tratamento cirúrgico.

Se você está tentando engravidar e não consegue fique atenta, pois você pode ter endometriose.

Primeiramente antes de engravidar devemos procurar o nosso ginecologista para fazer todos os exames para termos a certeza de que está tudo OK.