Oi mamães, vocês já ouviram falar na síndrome mão, pé, boca? Como tudo para nós mamães de primeira viagem é novo, hoje vamos falar sobre isso.

É uma doença altamente contagiosa, causada pelo vírus coxsackie, mais frequente em crianças, principalmente abaixo dos 5 anos de idade, onde levam tudo a boca. A síndrome leva esse nome, pois a sua característica é a presença de feridas avermelhadas na planta dos pés, mãos e interior da garganta.

Transmissão

  • Espalha-se facilmente pela tosse;
  • Espirros;
  • Saliva ;
  • E também pelas fezes infectadas.

Sintomas

  • Febre;
  • Dor de garganta;
  • Falta de apetite;
  • Aftas na boca (que podem ser confundidas com estomatite);
  • Lesões avermelhadas nas mãos e nos pés.

Tratamento

O tratamento deve ser indicado pelo pediatra ou clínico geral e podem incluir o uso de medicamentos anti-inflamatórios ou, se o quadro for grave, medicamentos antivirais.

Ofereça ao paciente muito líquido, de preferência em temperatura baixa, e evite a ingestão de alimentos muito quentes, ácidos ou condimentados – que podem acentuar as dores na garganta.

Em geral, a síndrome mão-pé-boca desaparece sozinha dentro de cinco e sete dias. Após a melhora dos sintomas, o paciente adquire imunidade ao enterovírus 71, não sendo contaminado novamente.

Durante esse período é importante que a criança não vá a escola e que não tenha contato com outras crianças, para não contaminá-las.

Como alguns sintomas nos lembram os resfriados, é preciso ficar atenta para qualquer novidade e na dúvida sempre procurar o seu pediatra.