O bebê nasceu e agora? Como cuidar dessa pessoinha tão frágil e indefesa?

Quando o Benício nasceu e ficamos somente eu e meu marido no quarto da maternidade o primeiro choro foi desesperador sem saber o porque ele estava chorando… mas logo descobrimos que era a fralda suja e nunca tínhamos trocado fralda de um bebê, chamamos a enfermeira mas como ela demorou a chegar nós 2 tivemos que nos virar… trocamos e demos de mamá… em casa foi um pouco mais tranquilo pois fiquei 15 dias na casa da minha mãe… então ela e minha sogra me ajudaram muito.

O que você deve saber:

  • Todo bebê chora, seja pela fralda suja, fome, calor, cansaço, irritabilidade, cólicas… é o único meio dele se comunicar com esse mundo novo.
  • Podem perder peso logo no inicio devido à adaptação da amamentação, lembrando que isso deve ser acompanhado com o pediatra.
  • Ele pode ter icterícia, ficando com os olhinhos e pele amarelados, o que pode ser resolvido em casa com banho de sol ou na maternidade mesmo, quem vai te orientar o que deve ser feito é o seu pediatra.
  • Unhas grandes, você pode ter que cortar as unhas logo na primeira semana, use o kit de manicure apropriado para bebês.
  • Alguns bebês tem cólicas nos 3 primeiros meses e isso é completamente normal. Fazem parte do amadurecimento natural do sistema digestivo do pequeno. O choro da cólica é aquele mais intenso, que começa e termina de forma repentina.
  • Não dê água ou chá para o seu bebê, ele precisa apenas do leite materno.
  • Como segurá-lo? Dá um pouco de medo mesmo, pois é uma pessoinha muito pequena e flexível… como a musculatura do pescoço é pouco desenvolvida, é preciso apoiar bem a cabeça e as costas do bebê. A melhor maneira de fazer isso é encaixar a cabeça na dobra do cotovelo e as costas no antebraço. Importante: nunca faça movimentos bruscos e preste atenção para não pressionar demais, ou bater, a parte superior da cabeça da criança, chamada moleira, já que os ossos do crânio ainda não estão totalmente formados.
  • Melhor horário para banho – isso quem vai decidir é você… algumas mães preferem a noite antes de dormir, eu preferia de manhã pois estava mais quente. O mais importante é verificar a temperatura da água com a parte sensível do seu braço ou com o punho. Se o bebê chorar não se desespere pois é normal. Lembre-se de secar e higienizar o cordão umbilical
  • Posição para dormir – sempre de barriguinha para cima e somente depois de ter arrotado, lembrando que nem todo bebê arrota, mas é importante você ficar com ele de pé no colo por 15 minutos..
  • Não se preocupe se ele fizer cocô após cada mamada, é completamente normal… com o Benício era assim.
  • Se for passear, fuja de locais fechados e com muita aglomeração de gente.
  • Faça a livre demanda, dando de mamar sempre que o bebê quiser.
  • Faça banhos de sol diários, de acordo com a recomendação do seu pediatra.
  • Sono. Os recém-nascidos dormem cerca de 90% do tempo e só permanecem acordados para mamar. Por isso, nada de pânico!
  • Fique atenta as vacinações e exames de rotinas (teste do pezinho, orelhinha, olho…etc)
  • Não coloque roupas demais, pois o bebê também pode se desidratar, use roupas de algodão de acordo com a temperatura do dia.
  • Ele pode ter crostas na cabecinha, aparecem devido ao acúmulo de gordura que o bebê produz, lave bem a cabecinha durante o banho não deixando resíduos de shampoo/sabonete. Para tirar as crostas você pode passar óleo para recém nascido que elas ficam molinhas e saem.
  • Ele pode nascer com lanugem, que é uma camada fina de pelos que alguns bebês têm. Geralmente os ombros e as costas são os locais mais comuns. Em algumas semanas de vida esses pelinhos caem e seu filho terá aquela pele bem lisinha de bebê.

primeiros dias do bebe

O primeiro mês realmente é um mês mais difícil, devido a fase de adaptação… mas lembre-se que tudo passa e o seu filho está descobrindo um mundo totalmente novo… então tenha muita paciência e amor!!!