Tem coisas que nem sabíamos que existiam antes de sermos mãe não é mesmo??? E o terrible two (terrível 2 anos) é um deles.

Aqui em casa o Benício está com 1 ano e 10 meses e já começaram alguns sinais de que o terrible two vem por aí.

Essa fase é chamada de adolescência do bebê, onde o seu comportamento muda e muito. Essa fase normalmente ocorre entre 1 ano e meio e 3 anos de idade.

É a fase em que a criança passa a se comportar de modo oposto às solicitações dos pais. De repente, a criança que era tida como obediente e tranquila passa a berrar e espernear diante de qualquer contrariedade. Bate, debate-se, atira o que estiver à mão e choraminga cada vez que solicita algo. Diz não para tudo, resiste em seguir qualquer orientação, a aceitar com tranquilidade as decisões dos pais, para trocar uma roupa, sair de um local ou guardar um brinquedo. Para completar, não atende aos pedidos e parece ser sempre do contra.

Até então, o pequeno que seguia os modelos e as decisões dos pais passa a se perceber como indivíduo, com desejos e opiniões próprias, e isso gera uma enorme necessidade de tomar decisões e fazer escolhas por si, mesmo que acabe contrariando a si mesmo.

Evite sempre os castigos físicos, os tapas, beliscões e afins. A criança tem que entender que a violência não é um comportamento aceitável, então, não podemos resolver a situação da mesma forma que ela. Explique e negocie sempre. Se você estiver perdendo o controle, respire fundo e afaste-se. Quando se sentir melhor, chame a criança e converse. Mas nunca deixe uma crise sem resposta, ou a criança vai se acostumar a não ter consequências para seus atos.

Não tem como evitar que o seu filho passe por essa fase. Algumas crianças demonstram características bem mais fortes que outras.

O importante é ter muita calma, paciência e saber lidar com isso, pois a criança precisa de compreensão nesse momento. Tenha em mente o nosso grande mantra de que“vai passar”.