Todas nós sabemos que durante a gravidez temos várias restrições há alguns medicamentos, mas vocês sabiam que também existem alguns chás que as grávidas não devem tomar? Por não terem comprovação científica de que são seguros durante esse período, podendo causar até aborto.

Muitas plantas ofertadas no comércio são mal identificadas e encontram-se em mal estado de conservação.

Vejam :

Chá de canela – pode provocar constrição sanguínea e contração dos músculos do útero.

Chá de hortelã –  diminui a produção de leite, razão pela qual deve ser evitado durante a gravidez e principalmente durante a amamentação.

Chá de boldo – conhecido como boldo chileno, livremente comercializado como chá para distúrbios gástricos, ele possui efeitos tóxicos devido à presença do ascaridol, que pode causar abortos.

Chá preto, verde, branco, mate e banchá –  acelera o metabolismo e pode causar mal-estar e palpitações cardíacas.

Chás abortivos chá de arruda, cipó-mil-homens, erva-de-bicho, buchinha do norte, confrei, espirradeira, melão-de-são-caetano, erva-de-santa-maria, pinhão-de-purga ou pinhão-paraguaio, poejo e losna, também são abortivos.

Vamos ficar atentas e qualquer dúvida fale sempre com o seu médico.