Ser mãe é viver em constantes desafios não é mesmo? Precisamos ter um equilíbrio emocional para criar os nossos filhos, por isso hoje vamos listar 10 desafios emocionais que todas nós mães passamos ao longo da maternidade vejam:

1) – Dar tudo para tirar a dor do filho, mesmo sabendo que é impossível.
A dor da primeira vacina, do primeiro tombo, da primeira febre…. enfim tudo que faz o pequeno chorar porque dói.

2) – Viver preocupada.
Preocupada se o filho está comendo o suficiente, se está dormindo adequadamente, se está com frio, calor…. e por aí vai não é mesmo?

3) – Admitir que você não é perfeita
Sim nós erramos e aprendemos com cada erro na criação dos pequenos

4) – Conviver com as incertezas
Se estamos realmente fazendo o que é certo… se o bebê chora… será que é dor? Fome? Frio? Dente ????

5) – Chorar
Choramos por vários motivos, ao descobrir a gravidez, o sexo, ao sentir a primeira mexida na barriga, o primeiro chute, no parto, na primeira vacina….. as lágrimas caem porque ter um filho nos traz sentimentos mais profundos que imaginávamos que poderíamos ter.

6) – Deixar os momentos passarem
Temos que aproveitar e curtir ao máximo cada fase dos nossos filhos… pois como sabemos elas voam. Se você acabou de ter um bebê e está rezando para que os 3 primeiros meses passem rápido, saiba que você vai sentir saudades desse período.

7) – Saber que alguns momentos não vão se repetir
Como o primeiro passo, a primeira palavra… é importante aproveitarmos cada momento ao máximo.

8) – Sentir que perdeu o controle
Antes de sermos mães tínhamos a nossa agenda, hora para acordar, dormir, passear…. depois dos filhos tudo muda e gira em função dos horários da criança.

9) – Nem sempre você poderá estar junto
Um dia eles vão crescer, criar asas e voar e você não será mais o colo procurado a cada choro. Eles vão seguir seus próprios caminhos e fazer suas próprias escolhas e tudo o que você conseguirá fazer é estar de longe torcendo para que eles sigam a educação que você deu.

10) – Admitir que ter filhos é ter para sempre o coração batendo fora do peito
É a conexão mãe e filho que ninguém pode desfazer.

Passamos por todos esses desafios e mais alguns e a certeza que temos é que o nosso filho é o nosso maior presente.